Resenha do livro " Porque não sou cristão" de Bertrand Russell

24 de agosto de 2020

 

Hoje trago o "Porque não sou cristão" do escritor, matemático e filósofo inglês Bertrand Russell. O livro traz uma serie de ensaios, palestras e artigos do autor sobre o tema da religião. Assumidamente ateu e humanista, Bertrand é o mais franco e objetivo possível na defesa do seu pensamento. O que como sempre, chocou e causou muita polemica na sociedade e academia. Entretanto, como o próprio texto na capa nos diz, coloca questões que se não aceitas pelo leitor, pelo menos não poderão ser ignoradas. 

Atualmente posso dizer que sou agnóstica, mas até chegar a esse ponto foram muitos anos de questionamentos e culpa por não aceitar as crenças da minha família e amigos.

Procurar conhecer melhor as suas questões, lendo participando de grupos e etc, é libertador. Tanto para se identificar com um grupo, ou mesmo descobrir que não há identificação. Como foi o meu caso, depois de muitos anos participando de comunidades religiosas e lendo sobre isso, não houve identificação. E a leitura da obra de Russell foi fundamental para entender isso, me dando algumas pistas para encontrar outros caminhos a seguir.

E você se identifica com a temática?

Se você gostou da resenha deixo aqui o link do livro para caso você queira adquirir, e ajudar o blog com uma pequena comissão, ok!?

Livro Porque não sou cristão, Bertrand Russell; https://amzn.to/3j9HhPp


 

Resenha trilogia ¨Os caminhos da Liberdade¨ de Jean Paul Sartre

11 de agosto de 2020

 

Esse foi o meu primeiro contato com a obra do escritor e filósofo Jean Paul Sartre, e com a Filosofia de uma forma geral, isso porque o livro é uma ficção, mas usa a teoria do Existencialismo como cerne na narrativa.

Somos as nossas escolhas de vida, somos livres para encaminha-la da forma como quisermos, temos liberdade, mas somos também; nas palavras do próprio autor; ¨condenados a sermos livres¨. A angustia da escolha, a procura pela liberdade de ser se tornam também uma prisão.

Mathieu é um professor de Filosofia que vive a vida livre, e se orgulha disso, mas vai ver sua vida de ponta cabeça quando sua amante lhe diz que está grávida. Dai por diante entraremos em contato com personagens e amigos do herói que vão ¨ajudar¨ a resolver esse acidente. Amigos que são e estão mais perdidos na vida do que o próprio professor.

O autor continua sua narrativa adentrando os conflitos que deram inicio a Segunda Guerra Mundial, fazendo com que o segundo volume da obra transparecesse em sua escrita a desordem e a angustia mental dos personagens. Os parágrafos são confusos, exigindo que você os leia mais de uma vez, pois num momento você acompanha um personagem, e logo na próxima palavra sentimos estar em outro ambiente. 

Conforme o conflito vai se desenrolando, vamos vendo os parágrafos voltando ao normal, e a historia dos personagens se encaminhando. A trilogia termina em aberto, mas com imensas mudanças nas vidas dos personagens da trama impactadas pela carnificina do conflito que deixou a Europa em frangalhos.     

A obra fez com que eu me apaixonasse pela Filosofia, e foi a porta de entrada para outros autores com tantas outras teorias que responderiam meus grandes pontos de interrogação! 


Se você se interessou pelo livro deixo aqui o link para onde você pode encontra-lo, e assim me ajudar com uma pequena comissão com a compra dele:

Box Nova Fronteira Os caminhos da Liberdade: https://amzn.to/33NRJI7





Digite seu email e receba nossas
atualizações gratuitamente

Topo